sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

PEAK SHAVING


In Manassas, Virginia (USA) eight Kato generators coupled to CAT diesel engines provide 12MW of utility power. Many cities are installing similar facilities for peak-shaving and emergency power (Caterpillar photo).

Geradoras de energia elétrica, produtores independentes e algumas empresas que geram com recursos próprios a energia elétrica que consomem (autoprodutores), necessitam manter o nível de suprimento de energia compatível com a demanda. Para isso, mantém-se a carga de base (Base Load) suprida por uma fonte e complementa-se o suprimento adicionando outras fontes, na medida em que a demanda supera a carga de base. Este processo é conhecido como "Peak Shave" e, muito freqüentemente, utilizam-se grupos Diesel geradores, dotados de controles automáticos capazes de detectar os valores de carga e executarem todas as operações necessárias, automaticamente, para assumirem a parcela de carga que excede a carga de base, bem como se desligarem do sistema, quando a demanda se encontra em níveis inferiores à carga de base.


Há também os casos de grandes consumidores, que embora abastecidos por uma concessionária, podem ter grupos geradores para corte de picos de demanda, com a possibilidade de fornecimento de excedentes à concessionária. Algumas empresas distribuidoras de energia elétrica já se interessam por este tipo de contrato e estudam até mesmo a possibilidade de concessão de financiamento para instalações deste tipo.


São disponíveis sistemas automatizados, com tecnologia digital, capazes de prover essa função com segurança e economia. Dependendo do porte da instalação, pode se utilizar um ou vários grupos geradores, que são adicionados ao sistema na proporção em que cresce o consumo de energia e, inversamente, são retirados automaticamente na proporção em que se reduzem as cargas.

Todo o processo de controle de demanda, partida, supervisão de funcionamento, paralelismo, transferências de cargas e desligamento do(s) grupo(s) gerador(es) é assegurado por um PLC (Circuito Lógico Programável), cujas funções são ajustáveis via software. Estes sistemas são dotados de capacidade de suprimir ou reduzir as cargas reativas, gerenciar mais de uma fonte principal e diversos grupos geradores em paralelo. São dotados de medidores e proteções contra corrente reversa conforme padrões internacionais adotados pelas concessionárias de energia elétrica.


http://www.energy.ca.gov/distgen/background/images/peak_shaving3.swf

Nenhum comentário:

Postar um comentário