segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

TRANSFERÊNCIA DE CARGA EM RAMPA -GRUPO GERADOR

Gerar energia para consumo no horário de ponta tem o inconveniente da necessidade de trocar a fonte supridora duas vezes por dia, no início e ao término do período, nos dias úteis. 

Embora a transferência de carga possa ser feita rapidamente, haverá interrupção do suprimento de energia, o que poderá ser inaceitável para algumas atividades que não estejam protegidas por fontes de energia segura. 

Para solucionar este inconveniente, pode-se dotar o(s) grupo(s) gerador(es) com sistemas de transferência em transição fechada, sem interrupção e passagem da carga de uma para outra fonte em rampa suave. 

Entretanto, para isso é necessário operar instantaneamente na condição de paralelismo com a rede da concessionária. 

Uma outra alternativa seria a transferência com a utilização de chaves estáticas, cuja interrupção nas transferências sincronizadas é de apenas 4 ms, imperceptível para os equipamentos mais sofisticados. Por ser mais onerosa, é uma opção cujas aplicações são limitadas.

Para operar em paralelo com a concessionária, há duas possibilidades. A primeira consiste em paralelismo instantâneo, onde o grupo gerador não permanece mais do que 15 segundos em paralelo com a rede pública. 


A segunda é o paralelismo permanente, onde há a possibilidade de gerar para “Peak Shaving” ou exportação de energia. 

Em ambos os casos, a unidade consumidora necessitará alterar os termos do seu contrato de conexão e uso do sistema de distribuição de energia e assinar um Acordo Operativo com a concessionária. Para tanto, há um procedimento e exigências técnicas quanto à instalação de proteções especificadas a critério de cada concessionária. 
http://www.eee.ufg.br/cepf/pff/2003/pf2003_14.pdf

4 comentários:

  1. tenho problemas serios de queda de energia e picos, oscilações aqui no meu estado. O que estar me causando prejuizos exorbitantes na queima de sparelhos, compressores de ar condicionados. Tenho cinema e preciso saber se o sistema de rampa evitaria que meus equipamentos não sofressem com as oscilações, picos e quedas de energia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo depende de seu consumo, se for pouca potencia, muitas vezes um no-break sai mais barato que um gerador.

      Excluir
    2. Um banco de capacitor para correção desses picos tambem e viavel.

      Excluir
  2. Muito obrigado pelos esclarecimentos, sou aluno de Eng. Elétrica 7º período e estou estudando como colocar um gerador em paralelo com a rede com operação em rampa.

    ResponderExcluir