segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

ONDE INSTALAR DPS (DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO CONTRA SURTO DE TENSÃO )

- Estudo técnico de aplicação em projeto de Dispositivo de Proteção contra Surto de Tensão (DPS) em instalação elétrica predial.
O QUE É DPS:-
- São dispositivos que protegem a instalação elétrica contra surtos de tensão perigosos oriundos de 2 formas:
o Descargas elétricas atmosféricas (Raios) direta na edificação.
o Surtos de Tensão através de descargas elétricas nas linhas elétricas ou de sinais (ex. telefonia, cabos de TV, etc.) que entram na edificação, ou, no caso de linha elétrica, manobras elétricas pela concessionária.
EXIGÊNCIA DA NORMA NBR 5410:-
- A NBR 5410, em seu item 5.4.2.1, exige que as instalações elétricas de baixa tensão (220/127V) sejam protegidas contra surtos de tensão de diferentes classes:
o Classe IV – 4 kV para proteção de componentes de entrada de energia (chaves, cabos...).
o Classe III – 2,5 kV para proteção de componentes elétricos de distribuição (disjuntores e quadros parciais).
o Classe II – 1,5 kV para proteção de equipamento de utilização (aparelhos eletrodomésticos).
o Classe I – 0,8 kV para proteção de produtos especiais (Computadores, Modens, etc).
- Para proteção acima a norma exige a utilização de DPS adequados segundo critérios do item 6.3.5.2.
- Neste item, resumidamente, a exigência é de dispor no mínimo 01 DPS na entrada das linhas elétricas o mais próximo possível da entrada de energia junto ao limite da área externa com a interna.
CONCEITO DA PROTEÇÃO:-
- Para proteção de surtos de tensão, provenientes de sobretensões nas linhas elétricas é necessário apenas a instalação de DPS junto a entrada de energia como exigida pela NBR.
- As descargas atmosféricas que incidem diretamente à edificação, provocam, por efeito de geração de campos eletromagnéticos, sobretensões em diversos pontos da edificação, a considerar principalmente em edifícios altos, que são passíveis de descargas laterais. Desta forma a colocação de DPS somente na entrada de energia , não estará protegendo contra surtos deste tipo.
- As normas européias e a IEC, onde a própria NBR se baseia, recomenda a adoção de conceito de proteção por zonas de compatibilidade eletromagnética (EMC), que levam a instalar DPS de forma seletiva e distribuída.
- Portanto, segundo conceitos destas normas, IEC e européias, nas instalações internas, devem ser previstos, DPS do tipo 1 junto a entrada de energia e de forma seletiva, DPS do tipo 2, a juzante deste.
CONCLUSÃO:-
- A norma NBR 5410 exige em princípio, a proteção contra surtos de tensão independentemente do tipo e origem, e exige que seja instalado no mínimo junto a entrada de energia.
- Por razões acima exposto, a SOENG entende que a efetiva proteção contra surtos de tensão seja feita no conceito de proteção por zonas eletromagnéticas, principalmente em se tratando de edificações altas, que podem sofrer surtos devido a efeitos eletromagnéticos no trecho entre a entrada de energia e as instalações internas das unidades do apartamento.
- Entretanto a colocação apenas de um único DPS, não compromete a instalação elétrica no cumprimento restrito das exigências da Norma NBR 5410, só não é assegurável que a instalação interna esteja protegido eficazmente contra surtos de tensão, oriundos de descargas atmosféricas.
- Cabe, portanto, decisão do cliente na adoção deste critério/conceito.
Fonte: Soeng

Nenhum comentário:

Postar um comentário