domingo, 12 de junho de 2011

O CIMENTO IDEAL -PROF . PIERRE AÏTCIN






Texto do Prof. Aïtcin :

O Meu Cimento Portland Ideal , não precisaria ser fino. 
É melhor não ser fino, sob o ponto de vista da fissuração e da durabilidade do concreto.  

Eu imporia uma finura  Blaine  máxima de 350 m2/kg.

Seria exigido o teor máximo de 2,3% para o SO3, teor que já é usado hoje para o cimento ASTM  tipo  V,  cimento esse que tem um teor de C3A fixado em 5%.

Ao invés de fixar uma resistência mínima para a argamassa padrão de cimento e areia, seria exigida uma resistência máxima.
 
Essa exigência seria supérflua, pois eu fixaria também os teores máximos de C3S, C3A e a finura Blaine.

Além disso, eu exigiria algo que está faltando nas normas atuais, isto é, um teste que garantisse que a reologia inicial do concreto não sofresse qualquer alteração durante a primeira hora e meia após a mistura da água.  
 
Os atuais tempo de início e tempo de fim de pega  (com agulha de Vicat) não são adequados para controlar a reologia do concreto. Usar o ensaio mini-slump.

Fonte :Prof .Eduardo Thomaz/IME

Nenhum comentário:

Postar um comentário