sexta-feira, 3 de junho de 2011

IRISAÇÃO DOS VIDROS E A SUA ESTOCAGEM

Uma vez instalado o vidro, sua superfície pode permanecer inalterada por muito tempo ou até indefinidamente.

Já o vidro estocado pode deteriorar-se rapidamente, dependendo das condições ambientais.

Sob efeito de variações de temperatura e umidade do ar, pode ocorrer condensação entre lâminas. A presença da película de água confinada entre as lâminas do pacote inicia uma reação química na superfície do vidro que, após algum tempo, altera definitivamente a qualidade do produto.

Esse fenômeno é chamado de irisação. Além do efeito visual, que nos estágios iniciais assemelha-se ao arco-íris, pode-se perceber também a rugosidade da superfície. Em estado avançado, a irisação provoca o aparecimento de manchas opacas na superfície do vidro. O tempo de início desse efeito é muito variado, assim como sua intensidade. Quanto maior o tempo de armazenagem em condições inadequadas, maior será a intensidade da irisação, até a completa degradação do vidro, tornando-o inutilizável.

A estocagem em condições de temperatura e umidade controladas diminui a ocorrência desse fenômeno, mas alguns cuidados podem ser tomados para evitá-lo:

1- A área de estocagem deve estar sempre seca e arejada.


 Estocagem de vidros incorreta
 Fonte:Jotanael M. Souza-www.ovidro.com.br

2- Durante os dias frios, deve-se manter o armazém fechado, evitando o resfriamento das lâminas de vidro abaixo do ponto de orvalho do ambiente, e posterior condensação de água entre as lâminas.

3- O vidro deve ter o seu tempo de permanência no estoque minimizado, através de utilização de estoques pequenos e bem balanceados. 

Fonte:Decorvidros

Nenhum comentário:

Postar um comentário