sábado, 13 de agosto de 2011

LIVRO TÉCNICO "DESIGN FOR ROBUSTNESS"-FRANZ KNOLL/THOMAS VOGEL

Em 2009, foi lançado um pequeno livro pelo IABSE, escrito por dois autores do ETH (Suíça) Thomas Vogel e Franz Knoll, com o título “Design for Robustness”. 

Neste livro, os autores procuram definir o novo termo, pela primeira vez, de modo claro e inconfundível. Interpreto isto como equivalente ao que, em nossa norma NBR 6118:2003 aparece no item 19.5.4. como “colapso progressivo”.

 Desde que, em 1968, o edifício Ronan Point em Londres, de 22 pavimentos, sofreu uma explosão de um botijão de gás no 18º andar, causando a destruição de uma prumada inteira de uma esquina do edifício, o assunto passou a ser tratado como “colapso progressivo”, ou, como os americanos começaram a tratar do caso, “edifício submetido a cargas anormais”. 

A solução sugerida foi projetar qualquer obra, pré-moldada, com ligações suficientes para que as partes da estrutura atingida não caíssem, mas ficassem em situação que permitisse os reparos imediatos sem causar perda total da construção.

Afinal, como se define “robustez”? Os autores citados explicam o termo de maneira clara e convincente: Robustez é a propriedade de sistemas (estruturais em particular) que lhes permite sobreviver a situações imprevisíveis ou não usuais .
Fonte :Prof. Augusto Carlos de Vasconcelos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário