segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

POROSIMETRIA POR INJEÇÃO DE MERCÚRIO



A porosimetria por injeção de mercúrio tem sido extensivamente utilizada como uma técnica experimental para se caracterizar vários aspectos dos materiais porosos e dos pós.

Proposta em 1921 por Washburn, que sugeriu ser possível se obter a distribuição de diâmetros de poros a partir dos dados pressão-volume durante a penetração de um material poroso pelo mercúrio, foi efetivamente aplicada por Henderson et al. em 1940 e vem se densenvolvendo desde então.

A técnica se baseia no fato de que o mercúrio se comporta como um fluido não-molhante em relação à maior parte das substâncias. Por consequência, não penetra expontaneamente em pequenos furos ou fissuras destes materiais a menos que se aplique uma pressão sobre ele.

Se uma amostra de um sólido poroso é encerrada num recipiente dotado de um capilar, sendo feito o vácuo sobre a mesma e sendo preenchido o recipiente e o capilar com mercúrio, ao se aumentar a pressão sobre o líquido este penetrará nos poros da amostra reduzindo seu nível no capilar.

Registrando-se a redução do nível de mercúrio no capilar é juntamente com a pressão aplicada, uma curva porosimétrica é obtida informando que volume de poros do material foi penetrado pelo mercúrio a uma dada pressão.

Em equipamentos comerciais, como o porosímetro Micromeritics PoreSizer 9320 disponível no L.M.P.T., poros de diâmetro a partir de 0.7 mm podem ser investigados, a uma pressão de aproximadamente 0.0017 MPa (0,17 atm) até poros de 0.000006 mm ou 60 angstrom de diâmetro, que correspondem a uma pressão de 212 MPa (2000 atm).

Alguns Resultados Típicos

Uma das formas de apresentação dos resultados do ensaio por intrusão de mercúrio é mostrada abaixo, para alguns materiais porosos típicos. Não somente o volume total de poros é diferente (porosidade total) como também a distribuição de diâmetros.


Fonte :LMPT-Laboratório de Meios Porosos e Propriedades Termofísicas /UFSC
http://www.lmpt.ufsc.br/pesquisa_micro_porosimetria.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário