terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

SUSCEPTILIDADE À FISSURAÇÃO E ESTANQUEIDADE -ARGAMASSA



3.4 Susceptibilidade à fissuração

O critério de avaliação baseia-se nos valores da retração, do módulo de elasticidade dinâmico e da relação módulo de elasticidade dinâmico / resistência à tração na flexão e indica o quanto o revestimento é susceptível à fissuração, conforme tabela 2.

O produto deve ser rejeitado se apresentar mais de uma característica avaliada como forte.

3.5-Estanqueidade à água


3.5.1 Estanqueidade à água de chuva

Para as condições de exposição indicadas na tabela 3 e conforme as regiões de exposição ao vento indicadas na figura 1, os revestimentos após serem submetidos à ação de calor e choque térmico (vide item 3.6.2) devem permanecer estanques e não apresentar infiltrações ou manchas de umidade na face interna da parede.



3.5.2 Permeabilidade à água sob pressão
O revestimento deve apresentar permeabilidade a água sob pressão menor ou igual a 1 ml/cm2 em 48 horas.
  http://www4.cidades.gov.br/pbqp-h/download.php?doc=ce2f7cc7-9feb-4ef4-8c88-5f0ea77ac3e5&ext=.pdf&cd=2310

Fonte :Diretriz Sinat 006-"Argamassa inorgânica decorativa para revestimentos monocapa"-Ministério das Cidades/Secretraria Nacional da Habitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário